segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Tarte do que havia no frigorífico

Sobraram umas coisitas da almoçarada de sábado, como sempre. Ainda não era hoje que me apetecia cozinhar, mas teve de ser. E quando não me apetece cozinhar faço tartes, claro. E esta saiu muito boa. Amanhã, quando estiver fria, deve ficar ainda melhor.

1 rolo de pâte brisée pronta
1 pacote de natas (200 ml)
500g de queijo fresco
3 tomates maduros
4 ovos
2 mãos-cheias de azeitonas pretas*
sal, pimenta e noz-moscada

* estas estavam temperadas com alho, azeite e orégãos

Bati os ovos com as natas e o queijo fresco com uma vara de arames e temperei-os. Cortei os tomates às rodelas finas e espalhei-os pela massa de tarte já aberta. Deitei-lhe o creme de ovos por cima e espalhei as azeitonas. Assei em forno médio por 45 minutos, mais coisa menos coisa. E pronto. Ficou linda, ainda por cima.